“Escritório Virtual” é solução para empreendedor que quer fugir do aluguel

 Lab48 – Atendimento telefônico personalizado e endereço comercial profissionalizam a atividade de quem trabalha em casa. Serviço ainda gera economia mensal de cerca de R$2,5 mil

 

Atender ligações, anotar recados e receber correspondências. A ideia simples vem chamando a atenção de muitos profissionais liberais. O chamado “Escritório Virtual”, serviço oferecido pelo Lab48 Coworking, com sede próxima à Avenida Paulista em São Paulo, ajuda a vida de arquitetos, jornalistas, designers, vendedores e todos aqueles profissionais que não precisam, necessariamente, de um espaço físico para exercer sua atividade, mas gostariam de profissionalizar o atendimento aos clientes.

“Para um microempresário, um dos grandes desafios do dia a dia são os custos, da burocracia para abrir um negócio até os gastos com a estrutura física da empresa. O Escritório Virtual é uma alternativa de baixo custo para poder apresentar ao cliente secretária, endereço comercial e telefone fixo da empresa”, conta uma das clientes virtuais do Lab 48, Daniela Momoi, arquiteta de interiores que abriu seu negócio em novembro de 2013.

No Lab48 Coworking o profissional pode optar pelo atendimento telefônico, com secretária, por um endereço fixo para entrega de correspondência ou pelos dois serviços casados. Quando o cliente virtual recebe uma ligação no número da sua empresa, a secretária do Lab 48 atende de forma personalizada. Daniela Momoi Arquitetura e Interiores, boa tarde, no caso da arquiteta. “Pelo telefone VoIP, conseguimos identificar para qual empresa é a chamada. Podemos tanto anotar o recado como encaminhar a chamada para o celular do profissional”, explica Rodrigo Rufino, gerente do espaço, que também disponibiliza escritórios físicos compartilhados, em São Paulo.

O serviço casado, com atendimento telefônico e recebimento de correspondência, custa R$270 por mês. O valor corresponde a 12% do custo estimado para manter um escritório na capital paulista. Em uma avaliação superficial, calcula-se que um empresário investe cerca de R$2.800 mensais em um espaço físico, incluindo aluguel de sala, contas de luz, água e IPTU, limpeza e manutenção. Para Daniela Momoi, “o Escritório Virtual é o suporte que você precisa sem ter que alugar um espaço, contratar uma secretária, enfim, montar toda uma estrutura”.