Lab 48 é sucesso de negócio em família

Co-founders do coworking, que se inspiraram na união dentro de casa para montar o escritório, dão dicas de como estruturar o projeto em família

 

O desejo era criar um local onde novos negócios poderiam surgir. A iniciativa, que partiu de Danilo Salgueiro, 29 anos, administrador e sempre cheio de ideias, foi somada à vontade de expandir a empresa de marketing 360° do irmão Renato Salgueiro, 28 anos, publicitário. O coworking Lab 48 foi criado totalmente administrado pela família. O toque feminino também foi adicionado à empresa: Nadia Yunes, esposa do Renato, é arquiteta e elaborou toda a estrutura do espaço. Vanessa Destro, esposa do Danilo, é administradora e responsável pela rotina financeira, compras e controles.

Mas para trabalhar em família é preciso organização dos conflitos de interesse. “Nós fazemos reuniões semanais para traçar metas e estratégias, falar dos acontecimentos e passar tudo para o nosso gerente”, afirma Nadia. Dessa forma, há discussão saudáveis, mas sem entrar no mérito pessoal – que é um desafio.

Quando familiares trabalham juntos, é preciso saber dividir três níveis de interesses dentro deste contexto: problemas familiares, discussões diárias de trabalho e questões sobre o negócio geral. Para que a convivência dê certo – e o negócio também – os co-founders do Lab 48 listaram seis regras para evitar conflitos:

Regra nº 1: Direcione as funções, assim, não se cria uma empresa onde todo mundo faz tudo. Dividindo responsabilidades, o fluxo de trabalho é muito mais eficiente e profissional.

Regra nº2: Quando tiver alguém de fora da família trabalhando no local, é importante incluí-lo nas atividades da empresa da mesma forma. Se forem sócios, todos têm o mesmo peso nas decisões da companhia.

Regra nº3: Cuidado com o abuso da relação familiar. Ou seja, não deixe que uma pessoa seja recompensada ou punida só por conta de seu histórico pessoal. Amigos, amigos, negócios à parte.

Regra nº4: Seja aberto e honesto com seus parceiros. Não esconda e nem tenha segredos. Isto será bom para os negócios e também para o clima da empresa.

Regra nº5: Não confunda decisões familiares com as da empresa. É importante evitar que outros parentes tenham acesso à vantagens como: carro da empresa, cartão de crédito, uso das capacidades do profissional de TI e outros funcionários.

Regra nº6: Evite ficar o tempo todo discutindo sobre trabalho. É importante inserir na rotina familiar outros assuntos para não esgotar o parceiro e sócio.